close
Pôr do sol no safári

Então vamos à grande questão, é possível fazer um safári privado sem gastar muito??? Como??? Esta é umas das perguntas que mais escutei desde que voltei da África do Sul. Afinal, não dá para ir até lá e não ter a fantástica experiência de fazer um safári em uma reserva privada. Se você ainda não sabe qual a diferença entre o safári em reserva privada e o safári no parque nacional, leia mais aqui!

Como chegar

As melhore reservas privadas do país estão localizadas próximas (ao longo) do Kruger National Park. Existem duas maneiras de chegar até lá: de carro ou avião. Na região do parque acham-se inúmeros pequenos aeroportos, mas as tarifas dos voos são bem caras, o que nos fez optar por ir de carro.

Do aeroporto de Joanesburgo até as reservas privadas, são, em média, 450km de boas estradas. Também é possível contratar um shuttle até a região, porém toma-se muito mais tempo e não é tão barato quanto o carro.

Com um carro alugado + uma boa disposição para dirigir, chegamos com tranquilidade até a Klaserie Private Nature Reserve.

O GPS do celular funcionou super bem, mas é preciso ter um chip local ou um easysim4u. Viajamos com a rota indicada pelo WazeGoogleMaps e não tivemos problemas, porém recomendo ter uma mapa impresso em caso de dúvida, são muitas estradas que cortam de um lado para outro.

Dica: nas estradas fique muito atento ao limite de velocidade, passamos por váaaariosss policiais usando radar móvel, evite tomar multa e respeite fielmente o limite. O limite máximo nas estradas é de 120km, siga a sinalização que você não terá problemas.

Como escolher o lodge

A parte mais difícil do safári é acertar na escolha do lodge. São inúmeras opções que variam significativamente em relação aos valores e ao luxo.

A maioria são de altíssimo luxo, com o sistema all-inclusive (incluem todas as refeições e 02 game drives por dia – alguns incluem bebidas e muito mais), cozinha de alta gastronomia e serviços impecáveis. Mas para todo esse luxo há um custo, e obviamente, um alto custo, as diárias valem em média 500 dólares por pessoa.

O meu orçamento não me permitia ostentar 500 dólares por dia, mas e aí? Não vou poder ter a experiência de conhecer uma reserva privada? Simmm!!! É possível viver toda a dinâmica de uma reserva privada sem estourar o orçamento da viagem.

Depois de muitas e muitas pesquisas descobri o Xanatseni Private Camp.

Xanatseni Private Camp

O hotel

O Xanatseni está localizado dentro da Klaserie Private Nature Reserve, que é uma das maiores reservas privadas da África do Sul e faz parte do Kruger National Park.

O lodge é pequeno e bastante intimista, são apenas 05 suítes muito bem decoradas. O espaço é encantador, super charmoso e aconchegante.

Os quartos são confortáveis, possuem ar condicionado, ventilador de teto e tela para mosquito nas janelas (ítem muito importante para quem está no meio do mato).  Ah, o hotel também oferece repelente… Ótimo, não é mesmo? Menos uma coisa para levar na mala!!! Já os banheiros são rústicos e oferecem uma bela vista para savana.

A área comum do hotel oferece bar, piscina, espaço fitness, área para fogueira, tudo decorado com muita graça e elegância.

O lodge trabalha com sistema all-inclusive, porém é bem mais modesto que muitos da região. As refeições são simples e fartas (não oferece alta cozinha e as bebidas são pagas à parte). Um excelente custo benefício para quem quer curtir uma reserva privada sem desembolsar uma verdadeira fortuna. A diária do Xanatseni custa em torno de 450 dólares o casal!!! Super recomend0!!!

Na diária do hotel está incluso: game drive da manhã e da tarde, todas as refeições e snacks durante os games, chá e café durante o dia e o wi-fi na área principal. Não está incluso as bebidas, o serviço de lavanderia, taxas de entrada na reserva e de conservação, além do tranfer.

 

Os games

Os lodges privados possuem basicamente a mesma rotina diária, veja só:

05h00 Despertador
05h30 Café, chá e biscoitos
06h00 Saída para o Game Drive (ou Safári) da Manhã
09h00 Retorno ao lodge
09h30 Café da manhã
11h00 Check out
14h00 Almoço
15h30 Saída para o Game Drive (ou Safári) da Tarde
19h00 Retorno ao lodge
19h30 Pré-bebidas ao redor da fogueira
20h00 Jantar

Como você pôde conferir, os dias no safári começam muito cedo e devo confessar que é cansativo sim, principalmente se você já está viajando a algum tempo, como era o nosso caso.

Os games duram em torno de 03 horas – tanto o da manhã, quanto o da tarde. Ou seja, são 06 horas por dia rodando a selva em busca dos animais. Não vá pensando que serão horas intensas vendo todo o tipo de bicho que você imaginar… não é bem por aí. A reserva não tem cercas para o Kruger, os animais são livres para ir e vir. Em tempos de chuva fica ainda mais difícil encontrar todos os animais.

Calma, não desanime… mesmo com tanta dificuldade é um passeio sensacional e imperdível!!!! Ah, e se o cansaço bater muito forte durante os games, tire um cochilo!!! rsrsrs.

Dica: seja no game da manhã ou da tarde, leve blusa de frio, mesmo que esteja viajando no verão.

Ficamos hospedados somente 02 noites no Xanatseni e foi o suficiente. Foram 04 games e pudemos conferir muitos animais. Entre os famosos animais do Big 5 (são os cinco mamíferos selvagens de grande porte mais difíceis de serem caçados pelo homem –  leão, elefante, búfalo-africano, leopardo e o rinoceronte), somente o leopardo nos deu um olé e não conseguimos encontrá-lo.

Espero que tenha gostado das dicas para deixar o seu safári ainda mais incrível. Planeje sua viagem com antecedência e escolha com calma qual o lodge que mais te agrada.

Se ainda ficou com dúvidas sobre os safári, confira mais aqui ou deixe sua pergunta que terei o maior prazer em ajudar!!!

Tatiana

The author Tatiana

2 Comments

  1. Viagem sensacional, experiência incrível conhecer a África do Sul, tivemos muita sorte no Safari, vimos quase todos os Big 5. A Cidade do Cabo é maravilhosa, sem detalhes e merece ser visitada novamente. Enfim, uma bela viagem, excelente roteiro que vale a pena curtir.
    Voltaremos né amor? Recomendo!

Deixe uma resposta